Notícias

#Você sabia: Que dormir com exposição a luz pode prejudicar a saúde do seu coração

Um estudo recente, realizado pela Universidade Northwestern nos EUA, mostrou que a exposição a uma iluminação moderada durante o sono noturno, em comparação a dormir em um quarto todo escuro, pode prejudicar a função cardiovascular e aumentar a resistência à insulina.

Ao prejudicar essas funções do organismo, podem-se aumentar os fatores de risco para doenças cardíacas, diabetes e síndrome metabólica.

Os investigadores descobriram durante os estudos, que a exposição moderada à luz fez com que o corpo entrasse em um estado de alerta, no qual a frequência cardíaca aumenta, bem como a força com que o coração se contrai e a velocidade com que o sangue é conduzido aos vasos sanguíneos para o fluxo sanguíneo oxigenado.

Assim, o corpo não pode descansar adequadamente já que a exposição à luz interfere nessa fisiologia como o cérebro de alguém cujo sono é leve e fragmentado.

Infelizmente, a exposição à luz artificial durante o sono é comum, seja por conta de dispositivos emissores de luz internos ou de fontes externas ao domicílio, principalmente em grandes áreas urbanas.

:apontando_para_a_direita: Então, o que podemos fazer para minimizar esse efeito?

(1) Apague todas as luzes ao domir. Se você precisar ter uma luz acesa, utilize uma luz fraca que esteja mais próxima do chão.
(2) A cor é importante. Uma luz vermelha/laranja/âmbar é menos estimulante para o cérebro. Evite portanto, luzes brancas ou azuis.
(3) Máscaras para os olhos são boas opções nos casos de luz externa em que não podemos controlar. Ou, mova sua cama para que a luz externa não incida em seu rosto.

:apontando_para_a_direita: Como saber se meu quarto é muito claro?Se você é capaz de ver as coisas muito bem, provavelmente está muito claro.

Fontes: Materiais fornecidos pela Northwestern University. Originalmente escrito por Marla Paul e publicado no site do Science Daily.