| Sobre Nós

Nascimento da Santa Casa de Misericórdia de Barretos

A história da Santa Casa da Misericórdia de Barretos tem início em 17 de janeiro de 1917, quando alguns líderes locais reuniram-se na residência do padre José Martins, vigário da paróquia na época, buscando por ajuda para construção do primeiro hospital da cidade. Ainda nesta reunião, foi criada uma comissão para o direcionamento do projeto, incluindo a arrecadação de fundos.

Solenidade de lançamento da pedra fundamental foi no dia 30 de junho de 1918 com a presença de diversas autoridades e de duas bandas de música

Em 13 de agosto de 1917, outra reunião foi realizada pela comissão. Desta vez, com o objetivo de determinar qual seria o local que abrigaria a instituição. O terreno escolhido foi a quadra entre as avenidas 23 e 25 e ruas 28 e 30, que pertencia à Diocese e passou-o em doação ao município, sob autorização do bispo D. José Marcondes Homem de Melo. Em 4 de abril de 1918, foi assinado o contrato de construção e em 30 de junho do mesmo ano, iniciaram-se as obras. A inauguração do hospital aconteceu em 03 de abril de 1921. O edifício contava com 2 salas de enfermaria e 12 leitos. O primeiro paciente atendido foi o Sr. Aníbal Calabrez.

Transformação e Excelência

A partir de então, o hospital passou por uma sucessão de ampliações e reformas, ganhando o seu formato atual. Hoje, a Santa Casa da Misericórdia de Barretos conta com 211 leitos e oferece atendimento à população como o hospital de referência do DRS V (Departamento Regional de Saúde), que engloba 18 municípios. É um hospital de grande porte, com qualificação para atendimento de média e alta complexidade, incluindo cirurgia cardíaca, hemodinâmica e neurocirurgia.

Desde novembro/2016 a instituição é administrada pela Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Amor, que implantou a mesma filosofia em humanização do atendimento e excelência nos serviços prestados. Com corpo clínico de alto nível, também funciona como hospital-escola em parceria com a Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos “Dr Paulo Prata” – FACISB.

Linha do Tempo

Em 2018, a Santa Casa de Barretos aderiu o programa ‘’Hospital Amigo do Idoso’’. O Selo do Idoso em Hospital é uma iniciativa governamental que visa garantir um atendimento adequado e humanizado aos pacientes idosos em estabelecimentos de saúde, como hospitais, clínicas e unidades de saúde. Esse selo pode variar de nome e características em diferentes países ou regiões, mas o objetivo geralmente é o mesmo.

No mesmo ano, foi constituído um comitê gestor e assistencial, de acordo com as diretrizes do Portal Amigo Idoso, e foram implementadas novas práticas de atendimento aos pacientes da 3ª idade, além do estabelecimento de um cronograma de ações eletivas e obrigatórias.

O cronograma é organizado anualmente, com o apoio da equipe multidisciplinar da instituição. As ações promovidas pela organização englobam os pacientes 60+, acompanhantes e colaboradores envolvidos. Com esta iniciativa, busca-se valorizar a autonomia e a independência dos pacientes idosos, integrando-os plenamente na sociedade. No dia 26 de Junho de 2023, A Santa Casa de Barretos, com muito amor e dedicação, alcançou o selo pleno ‘’Hospital Amigo do Idoso’’ – o maior em excelência.

Obtenção do Selo Inicial 08/08/2018

Obtenção do Selo Intermediário 04/07/2019

Obtenção do Selo Pleno 26/06/2023

Oferecer assistência em saúde e campo para ensino e pesquisa de forma qualificada e humanizada.

Ser reconhecida pela excelência na prestação de serviços de saúde, com ênfase na humanização ao paciente, tornando-se um hospital escola de referência regional, com compromisso social e sustentabilidade.

Amor, Humanização, Honestidade, Humildade, Ética, Respeito, Comprometimento, Trabalho em Equipe, Responsabilidade Social.

Doações

A Santa Casa de Misericórdia de Barretos conta com a ajuda de diversos setores na iniciativa privada na busca de doações. Várias campanhas, atividades e eventos são realizados, pedindo a participação das comunidades e das empresas, em prol do nosso Hospital.

Notícias